Investigadores Júnior

ALEXANDREAlexandre Luís de Oliveira. Doutorando em História PUCRS. Mestre em História pela UFJF. Integrante no grupo Portugal e Brasil no mundo contemporâneo: identidade e memória, PUCRS e do Grupo História das Direitas e do Autoritarismo (UFF/CNPq). Experiência na área de História das Direitas, principalmente nos seguintes temas: Integralismo e Catolicismo no eixo Brasil / Portugal. Contato: http://lattes.cnpq.br/4373004176501225.

Allony_MacedoAllony Rezende de Carvalho Macedo. Graduado em História pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2013). Mestre em História pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Juiz de Fora (2015). Na Iniciação Científica se dedicou ao estudo do Republicanismo brasileiro. No Mestrado, avançou sobre os temas da Primeira República com a dissertação: “Presente, Passado e Futuro: perspectivas dos intelectuais autoritários e do Tenentismo sobre a República Liberal-Oligárquica. Tem experiência na área de História Política e Social, com ênfase na Primeira República, tendo trabalhado com Republicanismo, autoritarismo, nacionalismo, história intelectual, pensamento social brasileiro, culturas políticas e história militar. Contato: allony.macedo@gmail.com | http://lattes.cnpq.br/5747545786923437.

AndreliseAndrelise Gauterio Santorum. Mestranda em História na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS) e graduada em História (Bacharelado) na Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Foi bolsista de Iniciação Científica do CNPq desde o início da graduação e desenvolveu pesquisas na área da História da Imprensa, trabalhando especificamente com a Ação Integralista Brasileira (AIB). Especialmente na relação entre Imprensa e Autoritarismo, suas pesquisas recentes concentram-se em questões relacionadas à História da imprensa integralista, juventude integralista, estudos da direita, cultura política e fascismo. Contato: andrelisesantorum@yahoo.com.br | http://lattes.cnpq.br/5560469903545438.

Boris Matías Grinchpun. Profesor en Historia por Facultad de Filosofia y Letras de la Universidad de Buenos Aires (UBA) y doctorando en la misma casa de estudios. Docente de Historia Económica y Social Argentina en la Facultad de Ciencias Económicas de la UBA. Becario doctoral del CONICET con lugar de trabajo en el Instituto de Historia y Americana “Dr. Emilio Ravignani”, donde realiza su tesis sobre la recepción de Julius Evola y la “Nueva Derecha” en la Argentina a partir de los años 70 y el tradicionalismo, integrismo y nacionalismo de derecha después de 1983. Previamente trabajó a los intelectuales nacionalistas argentinos durante la primera mitad del siglo XX y la influencia del pensamiento ultramontano europeo en Félix Frias, entre otros tópicos relacionados. Contato: matiasgrinchpun@gmail.com | http://uba.academia.edu/BorisGrinchpun.

DIEGODiego da Silva Ramos. Atualmente é doutorando em História Social pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ/FFP – 2015) e Mestre em História Social pela mesma instituição. Lecionando em turmas de Ensino Médio e Pré-Vestibular. Possui graduação em História pela mesma instituição (UERJ/FFP – 2013). Tem experiência na área de História, com ênfase em História Contemporânea do Brasil – Brasil República (1930-2002). Áreas de interesse: política, economia e cultura no Brasil Republicano. Atuando principalmente nos seguintes temas: sindicalismo docente, ditadura militar e ufanismo. Contato: diegoramos.prof82@gmail.com | http://lattes.cnpq.br/7551552775759136.

Foto - Eliana Brites Rosa (ICS-UL)Eliana Brites Rosa. É licenciada e mestre em História pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde também realizou uma pós-graduação em Estudos Locais e Regionais. Na Universidade de Santiago de Compostela realizou uma especialização, onde obteve o Diploma de Estudios Avanzados (DEA) em Estudos Contemporâneos. Actualmente, é aluna do Programa Interuniversitário de Doutoramento em História: mudança e continuidade num mundo global (PIUDHist), tendo como instituição de acolhimento o Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (ICS-ULisboa). O projecto da sua tese intitula-se As alternativas conservadoras e autoritárias em Portugal no período de entre guerras (1919-1933): programas, estratégias e dinâmicas. Os seus principais interesses de investigação estão relacionados com: a história das elites políticas, a história dos intelectuais, História dos partidos políticos, história das ideias políticas e História da Direita. Contato: eliana.rosa@ics.ulisboa.pt | http://www.degois.pt/visualizador/curriculum.jsp?key=1604550971054412.

fotoEverton Fernando Pimenta. Bacharel licenciado em História pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Mestre em História pela Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ) e Doutorando em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). Assistente editorial da Revista Estudos Ibero Americanos (PUC-RS). Integrante do Grupo História das Direitas e do Autoritarismo (UFF/CNPq). Tem experiência na área de História Contemporânea, com enfoque principal nos seguintes temas: Fascismo; Integralismo; Trajetórias políticas. Contato: evertonpimenta@yahoo.com.br | http://lattes.cnpq.br/1384237860008044.

retrato 1Gabriela Gomes. Es doctoranda en Historia por la Facultad de Filosofía y Letras de la Universidad de Buenos Aires, Magíster en Estudios Latinoamericanos por la Universidad Nacional de San Martín (UNSAM) y Profesora Universitaria en Historia por la Universidad Nacional de General Sarmiento (UNGS). Actualmente es becaria doctoral del Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas (CONICET), integrante del Programa de Historia Contemporánea del Instituto del Desarrollo Humano de la UNGS, coordinadora del Círculo de Estudios sobre Problemas de Historia Reciente de América Latina del Centro de Estudios Latinoamaricanos de la UNSAM. Se desempeña como docente en en Ciclo Básico Común (UBA) y en asignaturas vinculadas con la historia contemporánea de América Latina (UNGS). Su investigación se centra en el análisis comparativo de las políticas habitacionales en regimenes dictatoriales latinoamericanos. Contacto: gabrieladaianagomes@gmail.com | http://ungs.academia.edu/GabrielaGomes.

guilhermeGuilherme Ignácio Franco de Andrade. Doutorando em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUC/RS. Membro de corpo editorial da Revista Oficina do Historiador e Membro de corpo editorial da Revista Hominum. Pesquisas com ênfase em História Contemporânea e História do Tempo Presente. Atuando principalmente nos seguintes temas: Nacional-Socialismo, Fascismo, Movimentos e Partidos de Extrema Direita. Tem como principal trabalho a dissertação de mestrado sobre o partido de extrema direita francês o Front National, “Um novo Front National? O projeto político de Marine Le Pen” Contato: guilherme_andrade@hotmail.com | http://lattes.cnpq.br/0498453507059827.

Jaqueline Sentileno. Professora de História no Instituto Federal de Santa Catarina, campus Florianópolis. Mestra em História Política e Movimentos Sociais pela Universidade Estadual de Maringá (UEM), tema central de pesquisa: a questão racial e os negros na Ação Integralista Brasileira. Especialista em História e Sociedade e Graduada em História (Licenciatura) pela Universidade Estadual de Maringá. Áreas de pesquisa e interesse: autoritarismo e direita no século XX; negros nos movimentos/organizações políticas de direita; mulheres nos movimentos/organizações políticas de direita; direita no tempo presente. Contato: jaquets17@gmail.com | http://lattes.cnpq.br/6055034236020701.

JUANJuan Luis Besoky. Profesor en Historia y Doctorando en Ciencias Sociales por la Universidad Nacional de La Plata (Argentina). Se desempeña como docente de Historia Social Contemporánea en la Facultad de Humanidades y Ciencias de la Educación y de Historia Social General en la Facultad de Bellas Artes,  en la UNLP. Es becario del CONICET en el Instituto de Investigaciones en Humanidades y Ciencias Sociales (IdIHCS) donde realiza su tesis doctoral sobre la derecha peronista. Contato: juanelebe@gmail.com | http://fahce.academia.edu/JuanLuisBesoky.

Leonardo Puglia. Possui graduação em Comunicação Social, habilitação em Jornalismo. pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ/2009), Pós-graduação em Gestão de Negócios e Inteligência Competitiva pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM-RJ/2012), Mestrado em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ/2015) e é doutorando em Ciências Sociais também pela PUC-RJ. Trabalhou como design, rádio TV, jornalismo esportivo e mídias digitais, além de ter atuado, durante seis anos, como analista de marketing da Rede Telecine. Atualmente é cineclubista e professor no curso de Comunicação Social da Faculdade Salesiana Maria Auxiliadora (FSMA), em Macaé, no Rio de Janeiro. Contato: leopuglia@gmail.com | http://lattes.cnpq.br/4277915496856643.

DSCF6089 - Cópia (2)Lidiane Friderichs. Possui graduação licenciatura em História pela Universidade do Rio Grande (2010) e Mestrado em História pela Universidade Federal de Pelotas (2013). Atualmente é doutoranda em História pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Desenvolve pesquisas nos seguintes temas: ditadura civil-militar de 1964, movimento operário/sindical, redemocratização do Brasil, Nova República, Think Tanks, Neoliberalismo e grupos de direita. Contato: lidifriderichs@gmail.com | http://lattes.cnpq.br/3299336593973821.

11903484_1020266768017733_1975715328_nMarcelo Almeida Silva. Doutorando em História pela Universidade Federal de Juiz de Fora, bolsista CAPES/CNPq. Mestre pela mesma instituição com a dissertação “O Reich e o Stato aos pés do Cristo: o totalitarismo sob a ótica das charges da revista Careta durante a Segunda Grande Guerra”. Membro do corpo editorial da revista Faces de Clio. Área de interesse: História Política, História Contemporânea e História Cultural do Político. Contato: marcelo_90_jf@hotmail.com | http://lattes.cnpq.br/1940115355266639.

María Eugenia Jung Garibaldi. Professora adjunta (en régimen de Dedicación Total) en el Área de Investigación Histórica del Archivo General de la Universidad de la República, Uruguay. Doctoranda en el Programa de Doctorado en Ciencias Sociales y Humanas de la Universidad Nacional de Quilmes (Argentina). Magister en Ciencias Humanas, opción Historia Rioplatense (Universidad de la República). Su línea de investigación se centra en la relación de las derechas con los debates sobre el futuro de la educación superior en tiempos de guerra fría. Su trabajo articula los campos de estudio de las derechas y la historia intelectual en un sentido amplio al poner el foco en las instituciones de producción de conocimiento, sus actores, redes y circulaciones. Es autora de La Educación Superior Entre el Reclamo Localista y la Ofensiva Derechista, Comisión Sectorial de Investigación Científica, 2018 (Biblioteca Plural) Integra el Sistema Nacional de Investigadores (SNI-ANII). Contato: mariaeugeniajunggaribaldi@gmail.comhttps://exportcvuy.anii.org.uy/CvEstatico/?urlId=8ee3af238724e4b59288da54430fd2769fcbd1cf681b2e3f290a6480adab9e367f2680d1704472de71990b9b6389da0f2f8ab82098364e64bcd253ec3a9fa60b&formato=pdf&convocatoria=21.

NunoNuno Simão Ferreira. É licenciado em História e em Estudos Europeus, Pós-Graduado em “Ética, Direito e Pensamento Político”, Mestre em História Contemporânea com o trabalho intitulado “O Pensamento Integralista de Alberto de Monsaraz” e finalista do Doutoramento em História Contemporânea, estando a debruçar-se sobre o percurso político-militar de D. José Trazimundo Mascarenhas Barreto (7º Marquês de Fronteira). É investigador associado do Centro de História da Universidade de Lisboa nos grupos de investigação Estudos de Corte e Diplomacia e Usos do Passado. Tem como temáticas de investigação de preferência as Direitas portuguesas no início do século XX, história militar e liberalismo e memorialismo português no século XIX. Contato: nunomgsf@gmail.com | http://lattes.cnpq.br/3852414130480339.

11855437_875581439185441_433944482_nPedro Ivo Dias Tanagino. Doutorando e mestre em História pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), bolsista financiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Desenvolve pesquisas no campo da História Política brasileira, com ênfase no período Entreguerras, investigando temas como Integralismo, Mitologias Políticas, Teoria da História e Historiografia. Contato: pidtanagino@gmail.com | http://lattes.cnpq.br/3260860883528869.

PRISCILAPriscila Musquim Alcântara de Oliveira. Doutoranda e mestre em História pela Universidade Federal de Juiz de Fora, investiga atualmente a dinâmica do empresariado do Brasil e de Portugal no contexto do Estado Novo nos dois países e a relação entre suas entidades de representação com o governo. Contato: priscila.musquim.alcantara@gmail.comhttp://lattes.cnpq.br/0562958258201555.

servletrecuperafoto (1)Vinícius da Silva Ramos. Mestrando em História pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, pesquisador do Centro de Educação Popular e Pesquisas Econômicas e Sociais (CEPPES). Contato: viniciussramos@yahoo.com.br | http://lattes.cnpq.br/8289299005104269.

Vitória Almeida Machado. Mestranda em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS) na linha de pesquisa Sociedade, Urbanização e Imigração e graduada em História pela Faculdade Porto-Alegrense (FAPA). Suas pesquisas recentes concentram-se em História da Imprensa, História das Mulheres em especial nos regimes autoritários, estudos da direita, história de Portugal e as representações femininas. Contato: vitoriamachado.historia@gmail.com | http://lattes.cnpq.br/0187932744160635.